Facebook Twitter RSS
magnify
Home Dicas Recreio Dicas para transportar animais com segurança e sem transtornos
formats

Dicas para transportar animais com segurança e sem transtornos

Transportar animais dentro do carro é motivo de dor de cabeça para muita gente.

Seja para um passeio até uma praça da cidade ou uma viagem mais longa, dirigir enquanto se preocupa com o seu querido animalzinho de estimação não deve ser uma dor de cabeça para você. É possível transportar animais com segurança e sem transtornos.

Uma pesquisa realizada em 2015 pelo IBGE mostrou que as pessoas tinham mais cachorros do que crianças. Com base nessa pesquisa podemos concluir que o transporte de animais em veículos é extremamente comum.

Afinal de contas, os donos dos bichinhos de estimação precisam leva-los a passeios, consulta com o veterinário, e dentre outras situações.

Entretanto, transportar animais também tem suas normas a serem seguidas em prol da segurança do animal e do condutor.

Conheça a Lei para transportar animais no seu carro


De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), a lei Nº 9.503 de 23 de setembro de 1997 possui um artigo que expõe essas questões do transporte de animais em veículos. Você pode consultar a lei aqui, lendo os artigos 235, 252 e o 169.

Isso significa, de maneira geral, que você deve tomar os devidos cuidados ao transporte de cachorros ou qualquer tipo de animal, sobre penalidade de multa.


Vale lembrar que o transporte indevido do seu melhor amigo pode lhe causar danos muito maiores do que apenas perdas de alguns pontos na carteira. O transporte indevido pode provocar acidentes e colocar sua vida e a dele e risco.

Por este motivo que atualmente foram desenvolvidos acessórios que você pode utilizar para o transporte de cachorro com total segurança e ter um passeio tranquilo.


Dicas de transporte Seguro


O mais comum e talvez o mais popular seja a caixinha de transporte, além de ser a mais indicada e considerada a mais segura dentre os equipamentos que iremos apresentar em seguida. É extremamente simples de usar. Você coloca seu cachorro ou seu gato dentro da caixinha rígida, prende com a alça do cinto de segurança e pronto!

Seu pet vai estar seguro e principalmente confortável! Mas não se esqueça de treinar o seu animalzinho para esse tipo de transporte.

Esse é o método mais indicado se você for transportar um gato, pois ele é um tipo de animal que não se adapta bem a rotina de mudança e ao chacoalhar do veículo. Com a caixinha ele se sentirá mais firme e mais seguro.

Ainda assim, se você buscar por outro tipo de opção nós temos a cadeirinha para o transporte de animais. Essa é uma boa opção para o seu melhor amigo que não curte ficar preso dentro da caixinha, e não se adaptou de forma alguma.

A cadeirinha, que na verdade parece mais um cestinho, pode transpassar a sensação de mais liberdade que o seu animal quer. Ela vai ser presa no banco do carro e o seu animal vai ser preso pela coleira dentro da cadeirinha. Essa é uma opção recomenda para cães e gatos de até 10 quilos.

Uma terceira opção seria o cinto de segurança adaptado para o transporte de animais. Nesse caso é mais para cachorros de todos os tamanhos, com atenção especial aos grandões.

Esse acessório é uma espécie de guia do animal especializada para prender no veículo.

Atenção: Algumas pessoas usam a guia normal do animal e a prendem juntamente com o cinto de segurança do próprio veículo. Isso além de errado é extremamente perigoso. O cinto de segurança próprio para animais é projetado especialmente para essa função.

Por fim temos ainda a grade de segurança que é um completamente para cachorros de grande porte que utilizam o cinto de segurança. Existem diversos tipos e formatos desse acessório. Ela é colocada entre o banco de trás e a parte da frente do carro, evitando que seu amigão curioso possa passar para frente e atrapalhar a sua condução.

Ainda assim, mesmo com tudo isso, é recomendável que você observe se o seu animal realmente gosta de passear em um veículo. Não são todos que se adaptam e se sentem bem. Portanto, preze sempre o bem-estar do seu melhor amigo quando pensar nisso.


Dica especial

Se o seu pet não está acostumado a andar de carro, evite alimenta-lo em horários muito próximos do passeio. Isso irá evitar que ele enjoe e cause um transtorno.

Seguindo essas dicas você e seu pet poderão aproveitar ao máximo o passeio.

Para saber mais informações como esta, nos acompanhe no FacebookInstagramLinkedin.
No nosso site você descobre as melhores promoções de carros Volkswagen novos em Belo Horizonte e carros seminovos.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *