Facebook Twitter RSS
magnify
Home Banner Glossário automotivo – Parte 1
formats

Glossário automotivo – Parte 1

A Recreio BH traz hoje para você um verdadeiro glossário para esclarecer tudo que, por ventura, você ainda não entenda sobre carro, pois quem gosta de automóveis sempre quer saber tudo sobre seu funcionamento, mas alguns componentes são bastante complicados para um leigo. Fique atento aos termos e aos seus significados:

Aerofólio: Peça instalada na carroceria com função aerodinâmica que tem a finalidade de ajudar a manter o veículo pressionado contra o chão quando está em movimento. Nos carros de corrida, por exemplo, seu desempenho é fundamental, pois sem utilizar os aerofólios, eles simplesmente decolariam ao atingir grandes velocidades.

Airbag: É uma bolsa de ar que infla em caso de colisão para proteger motorista e passageiro Considerado como acessório, o mais comum é o frontal, mas já existem carros com airbags laterais. No momento da colisão, a bolsa é inflada quando um sensor de desaceleração ativa um recipiente que contém várias pastilhas propelentes. Elas recebem uma descarga elétrica que provoca a liberação de um gás, responsável por encher a bolsa. Todo esse processo não leva mais que 15 milésimos de segundo.

Alternador: Trata- se um gerador de corrente alternada que é transformada em corrente contínua por componentes eletrônicos e é acionado por uma correia ligada ao motor. A da bateria é recarregada graças ao seu funcionamento, com isso, ela fornece a energia que alimenta faróis, lanternas, ar-condicionado, vidros elétricos, rádio e CD player e outros acessórios elétricos no veículo.

Amortecedor: Equipamento que integra o sistema de suspensão do automóvel. Instalado junto com as molas em cada uma das rodas, compensa o balanço, absorve as oscilações da carroceria e é responsável por manter as rodas do carro sempre em contato com o chão diante das diferentes superfícies e irregularidades que podem surgir na via.

Ar- Condicionado: Aparelho que muda a temperatura e a umidade de um ambiente dentro de limites prefixados. Possui um filtro para eliminar impurezas vindas do ar externo. Em veículos 1.0 com ar-condicionado instalado de fábrica, sistemas desativam momentaneamente o aparelho, canalizando toda a potência possível para o motor em ultrapassagens, por questão de segurança. Todo ar-condicionado retira de 7,5 a 15 cavalos de potência do motor.

Barra Estabilizadora: Também conhecida como rolling, limita a inclinação lateral do carro nas curvas. Com o auxílio dessa barra, a suspensão pode ser mais macia e, consequentemente, fornecer maior conforto sem comprometer a estabilidade do veículo nas curvas.

Bateria: Fonte de energia elétrica do carro que acumula eletricidade. Aciona o motor de arranque, que dá partida ao moto, e é responsável por manter todo o sistema elétrico do veículo em funcionamento.

Bobina: Componente do sistema elétrico que gera uma corrente de alta tensão a partir da menor corrente de energia contínua da bateria para o distribuidor, que se encarrega de fornecer a faísca necessária para iniciar a combustão da mistura ar e combustível no interior do motor.

Bomba de água: Presente nos os motores refrigerados a água, é o equipamento que faz o líquido se movimentar pelo motor para resfriá-lo. Retira o fluido quente do bloco e o leva para o radiador, que tem a função de resfriá-lo. Faz funcionar o alternador.

Bomba de Combustível: Equipamento que leva o combustível até o motor pela linha de alimentação. A movimentação de uma membrana elástica chamada diafragma dentro da bomba produz a sucção que impulsiona o combustível para o carburador, se for o caso, ou para o sistema de injeção. Existem dois tipos de bomba: a elétrica e a mecânica.

Câmbio: Existem dois tipos de câmbio, o automático e o manual. O câmbio automático dispensa a embreagem e seu pedal, e pode ter até seis marchas.  O câmbio manual pode ter até seis marchas mais a macha ré. Para fazer trocas entre as marchas é indispensável o uso do pedal de embreagem.

Carburador: Dispositivo que regula a mistura ar/combustível na dose certa para o motor. Nos carros mais modernos, foi substituído pela injeção eletrônica.

Cilindros de Válvulas: Aberturas no bloco do motor nos quais os pistões deslizam, subindo e descendo de acordo com a explosão e o movimento do virabrequim. As válvulas de admissão e de escape servem para permitir a entrada da mistura ar/combustível e deixar sair os gases resultantes da queima dessa mistura, respectivamente.

Cinto de Segurança: Equipamento de segurança, de uso obrigatório por lei, que prende os ocupantes do carro nos bancos.

Comando de Válvulas: Eixo controlador do movimento das válvulas de admissão e escape. Acionado pelo virabrequim, através da correia dentada, engrenagens ou corrente, possui excêntricos que determinam precisamente qual válvula deve abrir ou fechar naquele instante, obedecendo a uma sequência correta.

Combustível: As substâncias combustíveis podem ser líquidas, sólidas ou gasosas. Misturam-se finamente com o ar, sendo considerados carburantes os combustíveis líquidos e gasosos usados para alimentar todos os motores de combustão interna. Pode ser gasolina, , álcool, diesel ou GNV.

Correia dentada: A correia dentada transmite o movimento pela tração exercida pelos dentes da correia sobre os dentes da polia) tem a função de transmitir a rotação do virabrequim para o eixo que comanda as válvulas do motor, sem que haja um deslizamento da correia na polia.

Diferencial: É um componente que faz os eixos das rodas motrizes se movimentarem em velocidades diferentes. É composto de engrenagens cônicas, coroas e satélites que se interligam criando a geometria de raios menores e maiores que possibilita o giro do carro, amenizando também o desgaste dos pneus.

Direção: Pode funcionar a partir de dois sistemas: mecânico ou servo-assistido. As do segundo tipo podem ser hidráulicas ou eletro-hidráulicas. Nesses casos, uma bomba hidráulica suaviza o movimento e diminui o esforço que o motorista faz para virar a direção.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *